Petrobras reduzirá perfuração de poços no RN em 60%

23 de fevereiro de 2016

Previsão da empresa é perfurar 154 poços terrestres neste ano

Durante o ano de 2016, a Petrobrás deverá reduzir em 60% o número de poços terrestres perfurados no Rio Grande do Norte, segundo informação colhida por diretores do

Sindipetro RN, junto a gerentes da Construção de Poços Terrestres (CPT). A previsão da empresa é perfurar 154 poços terrestres. Essa redução deverá impactar a atividade petrolífera local.

Conforme o gerente da CPT, Francisco Queiroz, a queda dos preços internacionais do barril de petróleo e o endividamento da Companhia, agravado pela desvalorização do real frente ao Dólar, são os principais fatores responsáveis pela retração da atividade. Diante da situação, afirma o gerente, aspectos como “expectativa de receita” e “dispêndio em valor presente” passaram a ter importância ainda maior na decisão de perfurar.

No momento, segundo Francisco Queiroz, a Petrobrás mantém em atividade apenas cinco sondas próprias de perfuração, em todo o Brasil. A partir de abril, ainda segundo Queiroz, esse número será reduzido para três e, de setembro em diante, a expectativa é de que nenhuma sonda própria seja operada pela Petrobras. Já, com relação às sondas contratadas, o gerente avalia que “se a realidade atual se mantiver, nenhum contrato deverá ser aditado”.

Para a diretoria do Sindipetro-RN, o setor de petróleo e gás atravessa um momento difícil, mas o ônus da situação não deve recair sobre os trabalhadores.

Fonte: O Mossoroense

0 comentários:

 
Taboleiro Grande News © 2011 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum