Acusado de matar ex-mulher em Patu é condenado a 10 anos de prisão

25 de novembro de 2015


O Tribunal do Júri Popular condenou na última segunda-feira (23), em Patu, o réu Waedson Huerlley Araújo Silva, de 21 anos, acusado de matar sua ex-esposa Sanclea Fernandes Dantas, na época com 32 anos, com pelo menos três tiros.

O crime aconteceu no dia 11 de agosto de 2013, no bairro Costa e Silva, zona urbana do município. Relembre AQUI. A vítima estava grávida e foi assassinada no momento em que chegava na casa de um amigo para dormir.

Na época, o suspeito foi preso em flagrante, mas negou o crime.

Nesta segunda (23), o promotor de Justiça foi o Diogo Augusto Padre, e os advogados de defesa do réu foram Gilberto Lobo e Wallace Barreto.

Ao final do julgamento, o Conselho de Sentença formado por pessoas da sociedade condenou Waedson Huerlley a 10 anos de prisão, que serão cumpridos, inicialmente, em regime fechado.

*Mossoró Hoje

0 comentários:

 
Taboleiro Grande News © 2011 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum