Governo do Estado renova decreto de emergência da seca.

24 de setembro de 2015

O Governo do Estado renovou, nesta quinta-feira (24), o decreto de situação de emergência em 153 municípios potiguares que sofrem há quatro anos com a seca prolongada. O decreto terá vigência de 180 dias.

A grave seca, segundo os números do Governo, atingiram um prejuízo de R$ 4,6 bilhões, o que representa redução de 57,5% da economia rural. Na atividade de produção de frutas irrigadas, foi considerado uma redução de 25% no volume produzido; o grau de acometimento para a cana de açúcar foi de 30 %; para a pecuária, os prejuízos foram da ordem de 60 %; já para as culturas de subsistência, inclusive o algodão e a castanha de caju, o grau de perdas considerado chegou a 60 % dos valores obtidos em anos normais

O novo decreto considera também os baixos índices e irregularidades das chuvas, como também o endividamento do produtor rural que gerou a redução da área plantada.

Durante o período em que persistir a situação de emergência, pelos motivos declinados no artigo anterior, o Estado do Rio Grande do Norte poderá contratar com dispensa de licitação.

Fonte: Política Pauferrense

0 comentários:

 
Taboleiro Grande News © 2011 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum