Sem delegado especial, chacina de Tibau será apurada por delegada de Mossoró

17 de agosto de 2015

Foto: Cézar Alves
O crime que aconteceu na noite da última quarta-feira (12) na cidade praia de Tibau, não será investigado por uma comissão ou delegado especial.
A informação foi repassada pelo delegado regional, Denis Carvalho, e pelo delegado Cleiton Pinho, chefe da Polícia Civil no interior do RN.

“O caso está sendo apurado pela delegada Cristiane, que responde pela Delegacia de Areia Branca”, informou Denis Carvalho.

Cristiane Magalhães é titular da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM) de Mossoró, e está como substituta na Delegacia de Polícia Civil de Areia Branca.

A chacina de Tibau vitimou quatro homens em uma residência no Centro da cidade.

Rudson Carlos de Araújo, de 40 anos, Rudson Carlos de Araújo Filho, de 18, Ivanaldo dos Santos Duarte, de 45 anos, e Raimundo Edvan Pereira, de 51, foram mortos com tiros de pistola e armas de grosso calibre.

O delegado Antônio Teixeira Junior, que estava de plantão no momento da ocorrência, estima que pelo menos 5 pessoas participaram diretamente do crime. Parte do bando chegaram pelos fundos da residência, onde estavam os quatro adultos, três crianças e uma adolescente, e abriram fogo.

As crianças e a adolescente não foram atingidas.

O crime ainda não possui suspeitos. “A delegada está fazendo as oitivas, mas por enquanto, não há suspeitos”, destacou Denis Carvalho.

Chacinas de Itajá e Serra Caiada

Assim como em Tibau, as demais chacinas registradas neste ano no Rio Grande do Norte, como a de Itajá no dia 15 de julho e de Serra Caiada no dia 12 deste mês, não teve delegados especiais designados para investigar os casos.

“A chacina de Itajá está sendo investigada pelo delegado de Assu e a de Serra Caiada, pelo delegado de Tangará”, disse Cleiton Pinho ao MOSSORÓ HOJE.

Fonte: Mossoró Hoje

0 comentários:

 
Taboleiro Grande News © 2011 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum