Caixa anuncia segunda redução do limite de financiamento habitacional

28 de abril de 2015

size_810_16_9_Casa-em-cima-de-moedas
A Caixa Econômica Federal reduziu novamente a parcela do financiamento habitacional, com recursos da poupança e próprios (acima de R$ 750 mil). Desta vez, a medida vai atingir os novos contratos de imóveis usados, a partir da próxima segunda-feira — o que vai exigir dos interessados uma entrada maior.

Segundo o banco, a cota cairá de 80% para 50% nas operações do Sistema Financeiro da Habitação (SFH), com recursos na poupança para imóveis de até R$ 750 mil. No Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), o percentual cairá de 70% para 40%, pelo Sistema de Amortização Constante- SAC (quando a prestação começa com valor mais alto e vai caindo ao longo do contrato).

Em nota, a Caixa justifica que o foco da instituição em 2015 serão os imóveis novos, principalmente o programa Minha casa Minha Vida. Não haverá mudanças nos financiamentos com recursos do FGTS (imóveis para famílias de baixa renda). A Caixa, que concentra 60% dos depósitos de poupança, é a maior financiadora do crédito habitacional.

No dia 13 de abril, o banco que representa 70% do mercado de crédito imobiliário, aumentou as taxas de juros dos financiamentos do SFH e reduziu a cota de financiamento para imóveis novos. Em janeiro, o banco já havia elevado os juros dos financiamentos habitacionais.

O financiamento habitacional vem sofrendo com o aumento nos saques da caderneta de poupança. Nos três primeiros meses do ano, as retiradas superaram os depósitos em R$ 23,2 bilhões, drenando praticamente tudo o que a caderneta ganhou em 2014, quando as captações líquidas somaram R$ 23,8 bilhões.


Fonte: Robson Pires

0 comentários:

 
Taboleiro Grande News © 2011 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum