Consumo de energia elétrica cresce 4,8% no Rio Grande do Norte

20 de novembro de 2014

reducao-da-conta-de-luz-sera-menor-que-a-prevista-diz-ministerio-368d5033e0e278a7034ced02b97db3fa-g-300x246
O consumo de energia elétrica no estado aumentou 4,8% entre janeiro e outubro deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. O acréscimo foi impactado, principalmente, em decorrência das poucas chuvas e das elevadas temperaturas verificadas no período e da melhoria do poder aquisitivo das famílias, o que gerou aumento na oferta e aquisição de equipamentos de refrigeração.

No Rio Grande do Norte, a classe residencial foi a que apresentou o maior percentual de crescimento no período verificado, com aumento de 7,0% em comparação ao mesmo período de 2013. Um dos fatores que mais contribuíram para o crescimento do consumo de energia elétrica nesta classe foi o aumento da renda da população, que favoreceu maior uso e aquisição de aparelhos de refrigeração nas residências, provocado pelas elevadas temperaturas registradas, o que elevou o consumo.
Outros setores que também tiveram parcela significativa de contribuição para o aumento do índice acumulado, comparado ao mesmo período do ano passado, foram o comercial e o industrial. Na classe comercial, o crescimento de 6,9% é atribuído, principalmente, em razão da oferta de equipamentos de refrigeração, como aparelhos de ar condicionado e refrigeradores, além de outros eletroeletrônicos. No setor industrial potiguar houve um aumento da demanda de energia elétrica em 3,5%.
Fonte: Robson Pires

0 comentários:

 
Taboleiro Grande News © 2011 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum