Henrique Alves desqualifica denúncia e exige provas sobre esquema da Petrobras!

8 de setembro de 2014

Presidente da Câmara dos deputados advertiu ainda sobre o uso eleitoral do caso.
O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, candidato do Governo do Rio Grande do Norte, comentou o uso eleitoral da denúncia publicada pela revista Veja. O semanário do grupo Abril trouxe em destaque parte da delação premiada do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, preso sob a acusação de integrar um esquema que desviou e lavou 10 bilhões de reais. Em depoimento ao Ministério Público Federal, ele citou vários políticos, incluindo Alves.

“A delação não é prova. Tem que haver prova. Nossa relação com a Petrobras sempre foi respeitosa, com interesses ao Estado, como a refinaria Clara Camarão”, comentou a Alves a repórteres nesta segunda-feira, na Fiern, onde ele participou do “Motores do Desenvolvimento”.

Nesse fim de semana, o presidente da Câmara já havia divulgado uma nota na qual negou ter recebido qualquer recurso através de Paulo Roberto Costa. “Estive com ele assim como estive com toda a diretoria da Petrobras, com a presidente Graça Foster, mas para tratar de assuntos institucionais”, esclareceu Alves, que pediu atenção sobre o uso eleitoral das denúncias.

“As circunstâncias eleitorais se aproveitam do caso. Isso tem que ser apurado. Delação não é prova. Estou tranquilo. O tempo demonstrará que essas são acusações levianas e sem fundamento”, disse ainda Henrique Alves.

Portal No Ar

0 comentários:

 
Taboleiro Grande News © 2011 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum