Prefeitos criticam ausência do Prefeito Dagoberto Bessa no Fórum dos Municípios

1 de julho de 2014

Aconteceu no município de Rodolfo Fernandes, em 07 de junho de 2014, na Câmara de Vereadores o III Encontro do Fórum das Cidades da Região do Médio Oeste, hoje,
Fórum dos Municípios da Região do Médio Oeste.

O Fórum tem por objetivo trocar experiências, entre municípios, no intuito de encontrar soluções para eventuais problemas enfrentados por cada um que compõe o Fórum: Felipe Guerra, Apodi, Severiano Melo, Rodolfo Fernandes, Itaú e Taboleiro Grande.
Porém, o município de Severiano Melo, através do Prefeito Dagoberto Bessa quebrou o acordo, ao não comparecer ao III encontro do Fórum no município de Rodolfo Fernandes que recebia os demais municípios, enviando oficio alegando a falta de interesse dos município de Itaú e Apodi em relação a divisão territorial.
De acordo com o oficio enviado e lido antes da leitura da Ata do II Encontro ocorrido no Município de Itaú pelo prefeito Dagoberto Bessa, o mesmo justifica sua ausência, assim como a participação dos membros do Fórum do município de Severiano Melo, alegando a falta de interesse a cerca dos limites geográficos do Município de Severiano Melo em discutir o assunto, decidindo assim, em comum acordo, segundo o ofício, não participar do III encontro do Fórum dos Município.

Finalizando o ofício dizendo acreditar que o objetivo principal do fórum, era contribuir com o desenvolvimento dos municípios, proporcionando discussões e resoluções e problemas em relação aos municípios que compõe o fórum, alegando que a falta de discussão traz prejuízos os munícipes que a cada dia que passa são cada vez mais prejudicados, diante e negação de ajuda, decidiram não participar do III Encontro.

A atitude do Prefeito e do município em não participar do II encontro do Fórum dos Municípios gerou críticas, principalmente pela informações repassadas pelo ofício em que não condiz com o veracidade dos fatos.

No dia 13 de maio de 2014, Itaú recebeu o II Encontro do Fórum dos Municípios, onde Severiano Melo, veio preparado para debater o assunto, quebrando toda logística do fórum, pois o tema principal em questão, era em relação a infraestrutura, entretanto, os prefeitos em nenhum momento se negaram em debater o assunto, ao contrário do município de Severiano Melo que veio fazendo “ameaças” em deixar o encontro se o assunto não fosse discutido. (relembre aqui)

Ainda no II encontro em Itaú-RN, os prefeitos de Itaú e Apodi, Ciro e Flaviano, respectivamente, juntamente com o prefeito e o município de Severiano Melo agendaram datas para solucionar o problema, inclusive deixando a cargo dos interessados os passos a serem dados para a solução do problema, entretanto até a data do III encontro do fórum dos Municípios em Rodolfo Fernandes os prefeito Ciro e Flaviano não haviam sido contatados por parte dos interessados, algo relatado pelos prefeitos que veremos a seguir.
O Prefeito de Itaú-RN, Ciro Bezerra (DEM), iniciou sua defesa destacando que o assunto da divisão territorial não fazia parte do tema, evolvendo a Floresta e Malhada Vermelha, e mesmo não sendo pauta, ficou acordado que o município de Severiano Melo faria toda análise para fazer uma discussão entre os municípios envolvidos e até hoje (07/06/2014) não foi procurado, discordando do ofício enviado em não ter interesse pelo assunto, dizendo que o mesmo se equivocou, pois não procurou nem o prefeito e nem os vereadores de Itaú como ficou acordado.
O representante do município de Felipe Guerra, saiu em defesa dos municípios de Itaú e Apodi, se solidarizando com o Prefeito Dagoberto com as mudanças, entretanto, elogiou a postura de Flavio em se dispor em buscar uma solução, lamentando a ausência de Dagoberto na discussão, pedindo o encaminhamento para fazer uma reunião específica sobre o tema, rebatendo o ofício afirmando que Dagoberto equivocou-se em dizer que não ouve interesse dos municípios, afirmando que os prefeitos Ciro e Flaviano não receberam nenhum comunicado sobre o assunto, finalizando dizendo que daria todo apoio, pedindo espaço para contribuir na discussão em nome do Prefeito Aroudo e o município de Felipe Guerra, como testemunha.
O prefeito Flaviano, não usou de rodeios para atacar o mau comportamento do prefeito e o município de Severiano ao dizer que dentro de um Fórum o município participa se quiser, discute se quiser, ninguém é obrigado. Flaviano prosseguiu sua fala criticando a atitude de Dagoberto pelo fato do mesmo, ter sido praticamente o fundador do fórum, visto que, Dagoberto o procurou para criação deste fórum no intuito de debater os problemas dos municípios, dizendo que não é dessa forma, afirmando que ele e Ciro não tem prerrogativas legais para doar parte do município a Severiano Melo, pois a legislação não permite, é necessário fazer um amplo debate, afirmando que não é contra, mas que devem obedecer a Lei, e Ciro e ele não tem como resolver, deixando aberto para que Severiano Melo conduzisse o processo, reunindo-se com as câmaras Municipal de Itaú e Apodi e a comunidade civil, através de audiência pública para debater o assunto e buscar uma solução, dizendo que não é dessa forma, saindo do fórum que se resolve.
Flaviano deixou um alerta aos municípios presentes dizendo que não vai perder tempo com coisas pequenas, convidando a todos a debater juntos e lutar por uma região melhor para o futuro (filhos e netos), não ficando só na falação, mas partir para prática, dizendo que o prefeito/município que ficar vai avançar.
O prefeito de Apodi finalizou destacando que tudo depende da ação e interesse de cada município, exemplificando que havia acordado com o prefeito de Rodolfo Fernandes um encontro na quarta-feira Santa para dar encaminhamento ao III encontro do fórum e estava lá, dizendo que Severiano Melo não está avançado porque não colocou em prática o acrodado, continuando sua fala, que tinha duas notícias boas, mas porque foi atrás, que foi a questão do polo industrial que vai ser construído próximo a barragem de Santa Cruz para facilitar o acesso dos municípios vizinhos, destacando que quem quiser subir no caminhão venha, porque não vai forçar ninguém, o caminhão esta ai, só basta subir e abraçar a causa. Deixando um recado para Dagoberto, dizendo que se fosse ele, estava presente no fórum de novo cobrando a divisão territorial; a outra boa notícia de acordo com Flaviano foi a conquista do Campus da UERN em Apodi, que lutou pela conquista, ficando triste por Severiano Melo não está presente, alegando não podendo ultrapassar os limites da Lei, não podendo ultrapassar as regras, afirmando que não era dono do município, mas estava aberto a discussão.
Flaviano ainda destacou a importância dos prefeitos estarem em Rodolfo Fernandes para a cidade em debater, e se não fosse essa discussão certa ou errada, o evento não estava acontecendo, incitando os vereadores a convidar outros prefeito para aumentar o balaio, que não é fácil, dizendo que haverá dia que vai perder o debate, porque não é só ganhar, e que todos não vão acatar só as ideais de Flaviano e estava desarmado para lutar pela região, encerrado sua fala.
 
As críticas não ficaram apenas por parte dos prefeitos, mas dos participantes que vem acompanhando o fórum e são testemunhas do que é acordado em cada encontro do fórum dos Municípios, percebendo que o município de Severiano Melo não lutou pelos seus próprios interesses, prova disso foi a falta de respostas ao não comparecer o III encontro, que caso estivesse cumprido com suas obrigações, como disse Flaviano, estaria ali fazendo “zuada” em busca de uma solução, esquecendo-se que a falha maior foi do próprio município em não cumprir as metas estabelecidas por eles mesmo.

Todas as informações sobre o III Encontro do Fórum dos Municípios da Região Oeste você acompanha aqui no decorrer da semana.
 
Fonte: Blog Cidade News de Itaú

0 comentários:

 
Taboleiro Grande News © 2011 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum