Ano eleitoral: investimentos federais crescem R$ 5,6 bilhões e são recorde

16 de julho de 2014

dinheiro_sacos
Os investimentos federais atingiram a marca de R$ 27,5 bilhões no primeiro semestre de 2014. O valor é R$ 5,6 bilhões maior do que o montante investido no mesmo período do ano passado, quando R$ 21,9 bilhões foram aplicados. Os valores utilizados no levantamento do Contas Abertas estão atualizados e consideram a inflação do período ( IGP-DI da FGV). Os investimentos, orçamentariamente, dizem respeito à aplicação de capital em meios de produção, visando o aumento da capacidade produtiva (instalações, máquinas, transporte, infraestrutura), ou seja, em bens de capital. Sendo assim, as obras e a compra de equipamentos por parte do governo federal estão incluídas nesse valor.

O valor aplicado nos seis primeiros meses de 2014 é o maior desde pelo menos 2006. Em 2012 e 2011, os valores atingiram cerca de R$ 21 bilhões. Em 2010, que também foi ano eleitoral para presidentes, os investimentos foram de R$ 25,1 bilhões no primeiro semestre. Nos anos de 2009, 2008, 2007 e 2006, as aplicações foram de R$ 15,1 bilhões, R$ 13,3 bilhões, R$ 9,9 bilhões e R$ 8,4 bilhões, respectivamente. Quando comparado apenas o crescimento nos anos eleitorais, no entanto, o percentual de 2014 não é o maior. Os investimentos aumentaram 25,6% de 2013 para 2014. De 2009 para 2010, as aplicações no primeiro semestre foram elevadas 66,1%.
 
Fonte: Robson Pires

0 comentários:

 
Taboleiro Grande News © 2011 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum