Açude Castanhão tem menor volume de água em 10 anos

20 de julho de 2014

O chefe de gabinete da Cogerh afirmou que ainda não há necessidade de se preocupar com racionamento de águaCastanhão
O Açude Castanhão está com apenas 37% da sua capacidade de armazenamento. O número corresponde a apenas 2,5 bilhões de m³ dos 6,7 bilhões de m³ que o reservatório pode armazenar. Esse é o menor volume de armazenamento em 10 anos.

Castanhão
De acordo com a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), desde fevereiro de 2004, mês em que o açude tinha apenas 15% da sua capacidade abastecida com água, os números não marcam índices tão baixos no armazenamento do reservatório do município de Alto Santo, a 245 km de Fortaleza. O reservatório do Castanhão foi construído em 2012 e é responsável pelo abastecimento de água de Fortaleza, Região Metropolitana, Complexo Portuário do Pecém e distritos do Eixão das Águas

Segundo Berthyer Peixoto, chefe de gabinete da Cogerh, apesar do baixo percentual, ainda não há necessidade de se preocupar com racionamento de água. "O número de metros cúbicos no açude garante o abastecimento para o fim de 2014 e 2015 com tranquilidade mesmo que não haja chuva no Estado", garantiu.

Cenário no Interior é preocupante
Dos 149 reservatórios monitorados pela Cogerh, 103 estão com volume inferior a 30%. De acordo com o órgão, os índices preocupam em vários grandes reservatórios, como o Araras (17%), Banabuiú (15%), General Sampaio (7%), Pentecoste (3%) e Figueiredo (3%).

Somente dois estão com volume superior a 90%, o Açude Curral Velho, em Morada Nova, e o Açude Gavião, em Pacatuba, com 97% e 92%, respectivamente.

Peixoto afirmou que a situação é tranquila na Capital, mas no Interior cenário é inverso. "Irauçuba e Canindé, por exemplo, já estão em racionamento devido à capacidade dos reservatórios que abastecem as regiões".

Fonte: DN via Alto Santo é Notícia

0 comentários:

 
Taboleiro Grande News © 2011 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum